Promotor destaca leis e punições para aqueles que praticam a violência contra a criança e adolescente.

26/10/2017
A palestra faz parte da campanha contra abuso sexual e exploração infantil.
A palestra faz parte da campanha contra abuso sexual e exploração infantil.

Com o objetivo de mobilizar toda a sociedade e convocá-la para o engajamento contra a violação dos direitos sexuais de crianças e adolescentes a prefeitura de Paranã por meio da secretaria de assistência social e o apoio das escolas estaduais e municipais realizou uma palestra no Colégio Desor na noite desta quarta-feira, 25.

O evento que teve a presença do promotor, Nilton Quintana, do delegado, Elizeu Maciel, vereadores e autoridades do município faz parte da Campanha contra o abuso sexual e exploração infantil.

“Esses crimes são considerados como hediondos e aqueles que o cometem cumprem pena em regime fechado de oito anos, essas condutas são punidas pela legislação. Estaremos atuando ainda mais com todo vigor para impedir esses tipos de crimes”, explicou o promotor Nilton Quintana na ocasião.

Para a secretária de assistência social esses abusos geram consequências drásticas e se não for tratado será um adulto com muito transtornos. “Por isso é importante que os pais e professores estejam atentos a qualquer mudança de comportamento. Não podemos nos calar, precisamos dizer não e um basta a toda exploração”, disse.

A campanha encerra nessa quinta-feira, 26, com uma mobilização ás 17h de combate a violência contra criança.

Monik Helen Gomes de Sousa.

img_alt
img_alt