Em forma de canção, crianças do Colégio Soldadinho aprendem como denunciar possíveis abuso

24/10/2017
A campanha contra exploração sexual acontece até quinta-feira.
A campanha contra exploração sexual acontece até quinta-feira.

“O seu corpo é um tesourinho, tão precioso você tem que guardar se alguém tocar em você, não pode esse segredo esconder”, foi em forma de canção e em linguagem própria que alunos do Colégio Soldadinho de Jesus tiveram uma palestra contra abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes com a psicóloga Clerdinice Tolentino Chaves.

O evento contou com a presença da primeira dama e secretaria de assistência social, Silmara Ribeiro, o secretário da educação, Silvio Santana como também de servidores da pasta.

Ao final, como forma de simbologia as crianças plantaram flores no jardim mostrando com essa ação o quanto o seu corpo deve ser preservado contra abusos e aprenderam em forma de canção o número 100, que serve para denunciar possíveis abuso e exploração sexual.

“É de extrema importância para as crianças terem conhecimento que se sofrerem algum abuso podem contar não apenas com o Conselho Tulelar ou professora, mas também com o disque 100 que é um serviço que funciona 24 horas por dia, incluindo sábados, domingos e feriados. As denúncias podem ser anônimas, e o sigilo das informações é garantido. As demandas recebidas pelo Disque 100 são encaminhadas, no prazo máximo de 24 horas, aos órgãos competentes”, explicou Silmara.


Monik Helen Gomes de Sousa.

img_alt
img_alt